Skip to content

LUCAS BARROS EM UMA NOVA CASA

11/12/2012
Lucas Barros Outono/Inverno 2013. Fotos: Marcelo Soubhia/Ag. Fotosite.

Lucas Barros Outono/Inverno 2013. Fotos: Marcelo Soubhia/Ag. Fotosite.

Designer alagoano, natural do município de Paulo Jacinto, Lucas Barros levou sua marca para o restante do Brasil ver, em sua estreia no calendário da Casa dos Criadores edição do inverno 2013, como eu havia anunciado na coluna Moda Adentro – no suplemento Sala Vip de O Jornal – no dia 30 de setembro deste ano.

Na passarela, nada muito além do que ele já havia experimentado em setembro, quando lançou na Mammoth Store, em Maceió, uma coleção completamente inspirada na religiosidade, onde buscou levar as peças elementos da Igreja Católica, presentes ao longo de sua vida. Esses mesmos elementos apareceram em sua estamparia, introduzidos de forma mais leve, em uma cartela de cores condizentes a um geometria quase cubista.

Barros deu passos seguros em seu primeiro desfile de grande repercussão em potencial. Juntou sua estética de sobreposição de estampas e mescla de cores a  uma fórmula  – de relativo sucesso –  de formas, bem explorada por marcas internacionais (Givenchy, Balenciaga, Celine), a qual a mente das brasileiras ainda não conseguiu acompanhar.

O criador olhou para fora da caixa, mas será que é isso que a consumidora quer?  A julgar pela experiência de Barros na Mammoth, onde o status de suas vendas variam entre estável e crescente, sua técnica em serigrafia pode encantar muito as clientes mais modernas, entretanto, esbarra nas tradicionais, o que restringe sua roupa ao nicho do “criador de identidade”, que quase nunca é a escolha da mulher comum.

Os agasalhos usados com saias, que se seguiram após a túnica preta do primeiro look, evoluíram para vestidos em trapézios multicoloridos, cheio de recortes de tinta, que ora me lembraram a composição do movimento cubista – que se lançou sobre estampa de flores – e ora o vídeo de “Somebody that I used to know”. As criações de Barros foram agradáveis, embora distantes do novo.

“A gente quer pegar apenas duas lojas para comercializar a coleções fora de Maceió, uma em São Paulo e outra em Recife, e só. Vou fazer uma coleção pequena, para que eu possa dar conta de tudo”, disse o designer em setembro sobre seus planos de expansão, sem a pretensão de otimizar o trabalho totalmente artesanal de composição das peças.

Lucas Barros parece estar completamente resignado a deixar na moda brasileira a marca da estamparia, ainda que serigrafada, como a característica principal de seu trabalho, que segue pautado pelo regionalismo nordestino.

One Comment leave one →
  1. 02/01/2013 20:40

    Parabéns pelo Modaadentro.wordpress.com
    Gostei muito do site e pretendo visitar mais vezes.
    Quero desejar muito Sucesso e Saúde !
    Atenciosamente,
    http://www.FireBull.com.br
    http://www.facebook.com/FireBull.com.br

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: