Skip to content

PARA SEMPRE CINDERELA

14/06/2012

Vestir-se de noiva ainda é o grande sonho das mulheres modernas

Vestido de noiva Glória Coelho

A primeira peça de roupa que eu cortei, há quase 10 anos atrás, foi a saia godê de um vestido de noiva que tinha uma cauda de cerca de um metro. A costureira do ateliê onde eu era estagiário na época, Ivonete, me deu a tesoura e disse resolutamente: “Corte!”. Naquele momento, eu sabia que tinha em minhas mãos o sonho de alguma mulher, que talvez tenha passado a vida toda imaginando como seria seu vestido de casamento.

Algumas mulheres estão familiarizadas com o tema, outras têm apenas sonhos e muitas idéias na cabeça quando o assunto é escolher o vestido de casamento. Dúvidas que podem ser um grande empecilho em um momento tão importante de suas vidas.

“O que você não gostaria de ter no seu vestido de noiva?”. Essa é a pergunta que Neide Freire, que tem 25 anos de experiência no ramo de confecção e aluguel de vestidos, faz a cada uma das mulheres que chegam a seu ateliê. Segundo ela, as clientes vêm com muitas vontades, mas na maioria das vezes, acabam se identificado com algo que já está pronto.

Surge aí a principal dúvida da noiva moderna: confeccionar ou alugar o vestido?

Em Maceió existe um mercado dedicado às noivas que atende a demanda com folga e qualidade. É possível encontrar aqui ateliês especializados em alugueis – inclusive primeiro aluguel – e ateliês que trabalham com peças exclusivas, para quem pode fazer um investimento maior.

Há uma fórmula para se chegar ao modelo perfeito, que se encaixa no sonho – e no bolso – de cada noiva. Os proprietários dos estabelecimentos com quem conversei disseram que o caminho é simples: a noiva diz o gostaria de ter e o quanto tem para gastar. Isso determina modelo e materiais como tecidos e adornos, que podem ter qualidade superior ou não.

“Aqui em Maceió existem lojas que comercializam materiais como renda, que lhe permitem confeccionar um vestido maravilhoso, entretanto isso não garante exclusividade. È provável que o mesmo material seja usado por outra pessoa”, disse o estilista Marcus Telles, que trabalha com a criação de modelos exclusivos e materiais nacionais e importados. De acordo com Telles, uma peça exclusiva no mercado hoje está em torno de R$ 10 mil.

Paras as noivas que pensam em ter alguma exclusividade, porém não podem desembolsar essa quantia, a solução é o primeiro aluguel – onde o vestido é confeccionado de acordo com a vontade da cliente, que o usa pela primeira vez, e depois fica disponível para outras locações. Essa opção alia o sonho à restrição de gastos, pois fica em torno de R$ 3 a R$ 5 mil.

“Vestidos com o colo coberto por tule de seda, organza e renda são os que mais procurados, principalmente depois do casamento da princesa [Kate Middleton]”, enfatizou Neide Freire ao falar das vontades atuais das noivas.

“O sonho de Cinderela nunca acabou, por mais que as mulheres sejam modernas as coisas não mudam”, resumiu Telles ao explicar que o vestido, por mais simples que seja, é parte fundamental de um grande sonho de dizer “Sim”.

Uma versão deste artigo foi publicada no suplemento Sala VIP, de O Jornal, em 20 de maio de 2012.

No comments yet

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: