Skip to content

TENDÊNCIAS – MASCULINO MILÃO_PARIS F/W 2011-12

24/01/2011

Algumas das tendências que vimos na passarelas de Milão e Paris, já estão sendo apresentadas nas semanas de moda brasileiras e outras provavelmente só aparecerão por aqui na temporada de verão ou no próximo inverno. A lista abaixo relaciona as coisas que os designers mais colocaram na passarela esta temporada, em 09 dias com mais de 115 coleções mostradas entre apresentações e desfiles, com uma média de 35 a 40 looks cada, totalizando um montante de mais de 4 200 looks, que se tornaram imagens e que nos indicarão o caminho da moda masculina para o inverno no hemisfério norte, que repercutirá aqui no Brasil depois, certamente.

 

SILHUETA – a forma da silhueta masculina está mais geométrica embora tenha aparecido numa dualidade ora mais ajustada e ora mais ampla pautada pela tendência boxy que equilibra largura e comprimento.

TOP – o top masculino está mais retilíneo e afastado do corpo, tendo a presença muito forte da cintura marcada.  As camisas ainda continuam com colarinho curto, recebendo faixas coloridas e modelagem mais ampla nas mangas. As camisetas estão mais curtas e amplas com as mangas folgadas também.

TERNOS – a alfaiataria está mais ampla, seguindo a onda boxy, com ternos mais curtos de lapela larga, com modelagem no estilo dos anos 60-70. O aboatomento duplo teve grande força ao lado dos ternos de um e três botões. Os ternos foram em maioria feitos em tecidos de lã com varição em cashmere. O veludo serviu de material para os trajes de de noite mais sofisticados.

JAQUETAS/CASACOS – os casacos estão longos quando feitos de tecidos de lã, com modelagem diferenciada nas golas, botões grandes e aparentes, com a presença do fecho náutico, com ombros deslodacado e pegada oversized – maior que o tamanho normal. A jaquetas apareceram na maioria em matelassê grande com costura horizontal.

CALÇAS – presença ainda marcante da alfaiataria slim- ajustada ao corpo – tentando se manter ao lado da modelagem mais ampla, de cintura alta, com aparição das calças clochard masculina. A barra dobrada continua firme, embora apareçam outras opções de volumes. A modelagem saruel, ou apenas de cavalo maior, tiveram espaço garantido.

CORES – o preto esteve em cada uma das coleções. Tons claros de beges e cremes, foram animados pelos também quase onipresentes: laranja em tom tangerina, azul, azul cobalto e vermelho sangue e doses de bordô – que providenciaram looks que aqueceram a estação.

CALÇADOS – oxfords e sapatos camurçados de bicos arredondados foram maiorias, acompanhados de sapatos de modelagem simples, tipo galochas de cano curto. Os corturnos tiveram seu espaço em um bom número de coleções.

BOLSAS / ACESSÓRIOS – estão geométricas, monocromáticas e materiais mais esportivos. Apareceram principalmente na forma de shopper bags, maletassê bolsas de viagem, sempre de mão e em tamanhos menores que a temporada passada. Algumas coleções trouxeram pequenas bolsa que ficavam presas aos cintos. Os cintos aliás, que marcaram a cintura alta, estiveram bem acompanhados dos chapéus de abas retas.

No comments yet

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: