Skip to content

PRADA | MILÃO – MASCULINO F/W 2011-12

16/01/2011

A nova forma para os homens no conceito da Prada

Nicolas Ripoll | Fotos: Site GQ

A primeira coisa a se notar nos desfile masculino da Padra, nesse domingo (16/01/2011) em Milão foi a estrutura montada para ser a passarela. Com dois pisos e escadas, o local para o desfile parecia uma varanda toda construída em concreto. O trajeto para os modelos era o seguinte: eles saiam do backstage, na parte de baixo, cruzavam todo a passarela e seguiam para a escada que ficava fora da construção. Então eles passavam na passarela em cima desciam a escada depois seguiam pela área fora da estrutura onde havia um trecho iluminado e uma grande platéia a direita deles. Foi uma verdadeira maratona!

Antes da apresentação eu tinha uma impressão de que Miuccia iria fazer tudo preto, escuro, já que no inverno passado da Prada usou cores mais claras e algumas cores fortes. Acertei quase em cheio! O preto foi a cor básica da coleção ao lado dos cinzas em muitas tonalidades, do grafite ao mescla. Onipresente nos looks o preto dividiu espaço com o azul, o verde e o laranja que ficou perfeito em uma calça de veludo molhado. A coisa interessante do desfile foi, sem dúvida, a modelagem, que propõe para a parte de cima a ideia de equidistância ente ombros e linha do quadril, formando assim um quadrado, dentro de uma tendência já batizada de boxy – tendência presente nos desfiles de Milão e no masculino brasileiro.Isso fica muito claro no desfile no look de tamanho maior de Nicolas Ripoll.  A Prada fez ternos de três botões com lapelas curtas e estreitas, que os assemelha muito a jaquetas, não sendo cinturados para que tivessem realmente a imagem quadrada, de caixa. O top masculino foi completado com suéteres e camisas em lurex com estampa setentista explorando cores como marrom e verde musgo complementadas com a ajuda de fios brilhantes na trama, onda estavam desenhos geométricos.

As calças merecem uma atenção especial por trazer uma alternativa as opções skinny e mais soltas apresentadas até então, com modelagem cenoura – mais largas na altura do cavalo e afunilando em direção a boca -, eran curtas deixando a mostra um parte do cano do sapato que parecia uma galocha com sola diferente. Para completar a apresentação, calções que lembram a vestimenta masculina do século XVIII foram usados com meias de maneira admiravelmente agradável, revisitando a peça com todo a modernidade possível.  Este foi um desfile sobre simplicidade de formas e imagens.

This slideshow requires JavaScript.

No comments yet

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: