Skip to content

PFW SUMMER 2011 – BALENCIAGA, PASSOS NO FUTURO!

02/10/2010

A Balenciaga visita a indumentária masculina em seu verão 2011, acrescentando elementos do punk numa composição futurista.

Reprodução Vogue UK

O Hotel de Crillon, em Paris, foi mais uma vez nessa terça-feira (30/09), o espaço para que a grife Balenciaga mostrasse o quanto tem um olhar no futuro. Em uma apresentação extremamente aguardada, pois marcaria o retorno às passarelas internacionais da uber model Gisele Bündchen, a Balenciaga manteve seu design no futurismo, misturado a elementos típicos do punk.

Todos os que estavam sentados no grande salão do Crillon ficariam muito intrigados se vissem Nicolas Ghesquière colocar na passarela uma referência forte ao passado. Ninguém mais que ele sabe buscar as coisas certas em décadas anteriores  e jogar dentro de um turbilhão de materiais tecnológicos que nos transporta ao futuro. É como se nós sempre estivéssemos vendo o que as mulheres vão usar, no mínimo, daqui a dez anos. Tem sido assim nestes últimos 13 anos em que Ghesquière tem estado à frente da direção criativa da Balenciaga.

O maxi pied de poule da Balenciaga | Reprodução Vogue UK

A coleção foi impactante nas cores, na modelagem – como quase sempre o é – e nos materiais. Logo no primeiro look dava para se ter uma noção do que viria: um vestido de material que parecia sintético, com ilhoses na gola e uma maxi estampa de pied de poule. Foi o prenúncio de um espetáculo de cores fortes, brilhos e texturas que confundiam nossa mente na tentativa de decifrar do que era feito. Apesar da aparência sintética, era tudo orgânico!

A alfaitaria e punk na mesma linha | Reprodução Vogue UK

Primeiro vieram os vestidos curtos com mangas pretas, seguidos das blusas e saias até o encontro com o smoking sobre a camisa de modelagem ajustada e longa com detalhe de metal na ponta da gola. Camisa que apareceu em versões coloridas, texturizadas e brilhantes ao longo da apresentação, também combinada a mini saias com fecho lateral e barra coberta por ilhoses. O styling do desfile era completamente punk, com um tom de androgenia dado principalmente pela modalagem masculina das camisas e dos sapatos costumeiramente masculinos. Mas o futuro trata de desconstruir o costumeiro, não é? Ghesquière entende isso como poucos, e por essa razão brincou mais uma vez de dizer o que as mulheres vão vestir daqui a 10 anos.

As peças da Balenciaga mostradas nesta coleção podem parecer para muitos exageradas, mas os elementos que compõem a coleção serão as próximas tendências que estaremos discutindo em breve. A propósito, essa fase de estampas grandes de Ghesquière é muito interessante.

Amber Valetta, Stella Tennant e Gisele Bündchen | Reprodução Vogue UK

As atenções do desfile não ficaram apenas nas roupas: o casting poderoso da Balenciaga com Amber Valetta, Stella Tennant e Gisele Bündchen – que fez seu primeiro desfile para uma marca depois da apresentação no Fashion’s Night Out –, tornou tudo muito mais interessante. Todos definiram a apresentação dos 38 looks como “dinâmica e técnica”, mantendo a Balenciaga em seu elevado estado de uma das marcas mais copiadas.

No comments yet

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: