Skip to content

NYFW SUMMER 2011 (04) – MARC JACOBS VAI DE 70'S

14/09/2010

Em sua esperada apresentação em Nova Iorque, Marc Jacobs trouxe a cor, a força e a sensualidade dos anos 70.

MARC JACOBS

Mar Jacobs revisita a estética dos anos 70 em seu verão 2011 – Reprodução ₢Vogue UK

Um dos desfiles mais aguardados da semana de Nova Iorque onde todos, desde o começo, se perguntavam o que Marc Jacobs, uma dos designers que mais emplacam tendências, iria mostrar na passarela. A resposta foi dada na noite de ontem (13/09), onde muitas pessoas puderam conferir a apresentação pelo seu website, que transmitiu o desfile ao vivo.

Os primeiros look da Jacobs pareciam uma continuação de seu inverno inspirado nos anos 50, porém ao som do Verão, de As quatro estações de Vivaldi, os casacos com design militar, em cores fortes, ficaram bem distante do conceito do restante da coleção, pelo menos nos que diz respeito as formas. Havia muitas estampas, grandes, de efeitos ópticos, classicamente inspiradas nas tonalidades e padronagens dos anos 70, inspiração clara do desfile. Não foi exatamente uma viagem vintage, as peças tinha uma inspiração moderna, mas o tom nublado das cores, que poderiam ser forte. Foi com certeza uma evocação do passado.

Jacobs trabalhou com tecidos naturais, mais refinados como o cetim duchese e outros de algodão, cujo as  tinham um debrum de cetim nas golas e nas mangas drapeadas. A leveza das peças é um convite ao conforto e a sofisticação que beira a sensualidade do verão, os vestidos longos esvoaçantes, transparentes, mostravam despojamento aliado a beleza. Teve também muitas pantalonas, flores enormes, que se colocaram na cabeça, na cintura e no ombro das modelos.

Esteticamente, o cabelo, as formas é algo já revisitado na moda recentemente, é difícil não aceitar, não achar bonito, não parecer familiarizado com o que foi apresentado. O desfile de Marc Jacobs foi fraco, no que tocante a inventividade, ao poder de fazer os espectadores respirarem mais fundo, se esforçassem para entender o que se passa. A obviedade estética dos anos 70 maculou a brilho de Marc. Suas cores lhe salvaram, tão somente porque foram uma luz nesse mar de branco e beges que tem se estendido sobre a passarela.

No comments yet

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: