Skip to content

"Os seres humanos me assombram."

17/03/2009
Quando a morte deixa os seus afazeres de lado para contar a história de uma menina, com quem se encontrou três vezes, é porque das duas, uma:
* a história sensibilizou a morte
* a história sesibilizaria mais ainda os humanos

Romance publicado em 2006, chegou ao Brasil em 2007.

A vida da encantadora Liesel Meminger é narrada pela morte que cruzou o seu caminho no fin da infância e lhe encontrou muitos anos depois em sua velhice.

Ao longo do caminho, belas paisagens formadas por personagens marcantes, incrivelmente maravilhosos. A Alemnha nazista nunca me pareceu tão azul, como aos meu ver, pelos olhos da morte que, teve muito trabalho naquela época.

“Heil Hitler”, se lê bastante, se entende o quanto pessoas da própria raça ariana sofreram e tiveram suas vidas destruidas por causa do Füher.

Há momentos inesqueciveis. Hans Hubermmann tocando acordeon, ou dando pão a um judeu que caminhava para um campo de concetração. Frau Hubermmann, indo à escola avisar Liesel que o clandestino Max havia acordado. Rudy Stainer pintado de carvão, imitando Jesse Owens nos jogos Olimpicos de Berlim. E é claro, o beijo postumo de Liesel em Rudy depois que as bombas cairam sobre a pacata Molching.

A menina que roubava livros, as vezes com a ajuda de terceiros, roubava, sim. Mas não havia pecado. Somente magia!

PARABÉNS ao autor australiano Markus Zusak.

Faça a si mesmo um bem, lea-o!

No comments yet

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: